Chá de Alecrim – Como tomar? Quais benefícios

Bastante conhecido por ter um aroma bem característico e peculiar, o alecrim é uma especiaria bastante utilizada para temperar diversos pratos como sopas, batatas e carnes, por exemplo. Essa é uma erva muito fácil de ser obtida em casa já que seu plantio é bem simples. Essa plantinha é um tempero muito versátil que confere a comida um sabor especial. Mas essa não é a única forma de consumir essa erva, pois ela também pode ser uma opção sensacional quando servida na forma de chá de alecrim.

Essa bebida pode trazer os mais variados benefícios a saúde de quem o toma. Se você quer saber um pouco mais sobre isso e a forma como deve tomar basta continuar a fazer sua leitura.

Benefícios do chá de alecrim

Não é de hoje que o alecrim é utilizado pelas civilizações, pois há muito tempo que essa erva é utilizada nos mais variados pratos mediterrâneos. O fato é que essa plantinha com aroma característicos e agradável é uma fonte riquíssima de minerais e é justamente isso que faz com que ela seja uma ótima opção para o consumo.

O alecrim contem magnésio, zinco, fosforo, sódio, cálcio e ferro. Ele também alto teor das vitaminas C, B e A. Por apresentar essas propriedades é que essa erva proporciona diversos benefícios que já foram atestados pelos cientistas.

Pele mais saudável

O alecrim é tão benéfico para a pele que ele tem sido cada vez mais utilizado em loções e cremes que são utilizados nesse órgão. Isso é possível graças ao fato dele ser um poderoso antioxidante que além de proporcionar a renovação da pele fazendo com que ela fique mais jovem por um tempo maior ele ainda promove tantos outros benefícios para a saúde.

Causa uma melhora na memória

Já ficou comprovado que o alecrim é um grande aliado da memória. É por esse motivo que essa erva já foi até chamada de “erva da memória”.

Retarda o envelhecimento e atua como um desintoxicante natural

No organismo estão presentes os radicais livres que são responsáveis por promover o envelhecimento precoce além de doenças como o câncer, por exemplo. O chá de alecrim possui propriedades antioxidantes em grandes quantidades. Isso faz com que haja um combate contra esses radicais e consequentemente a pessoa passa a ter mais saúde.

Ele é considerado um dos melhores desintoxicantes naturais existentes e conhecidos. Ao fazer uso do chá a pessoa tem uma verdadeira faxina no organismo e fica livre das impurezas que ali estão presentes. Na forma de chá esse resultado é muito mais eficaz que como tempero.

Combate a anemia

Um dos minerais que se encontra em grande quantidade no alecrim é o ferro. Exatamente por esse motivo é que as pessoas que tem anemia devem apostar no uso do alecrim. Ao consumir essa erva há uma prevenção e até tratamento da anemia. Tomar diariamente o chá de alecrim permite que haja uma melhora dos sintomas provocados por essa doença.

Terapêutico

A aromaterapia faz uso de cheiros na terapia e como o alecrim possui um aroma único e muito agradável essa erva acabou se tornando num dos principais ingredientes que são utilizados nesse método. O cheiro que ela emana tem a capacidade de aliviar o estresse, acalmar e até ajudar no trato dos mais variados problemas emocionais e físicos.

Ajuda no processo de emagrecimento

O alecrim tem a capacidade de ajudar no processo de emagrecimento. Isso se deve ao fato dele promover uma redução no apetite e também na quantidade de açúcar que é absorvida pelo corpo. Outros fatores que colaboram para esse resultado é o combate ao inchaço e também a retenção de líquidos além da eliminação de gorduras e toxinas.

Ao ter essa ação no organismo o chá de alecrim acaba contribuindo para uma redução dos gases e uma melhora da digestão. Ou seja, essa erva é completa para quem aqueles que possuem o desejo de eliminar alguns quilinhos.

Como preparar e tomar

Preparar o chá de alecrim é muito simples e o melhor de tudo é que ele pode ser consumido diariamente. Para o seu preparo é necessário ter um raminho de alecrim orgânico, 4 xicaras de água, 1 colher das de chá de mel e 1 limão.

A água deve ser levada ao fogo até que levante fervura para somente então adicionar o ramo de alecrim que ali deve permanecer por um tempo para que solte sua substancia. Feito isso o mel pode ser adicionado. Somente quando ficar morno é que o limão deve ser adicionado para logo em seguida o chá ser servido.

O ideal é que o consumo do chá se dê logo após seu preparo, pois é nesse momento que ele contem todas as suas propriedades benéficas. Se deixar esfriar elas acabam sendo perdidas. O ideal é não utilizar o açúcar ou adoçante artificial, pois o objetivo dessa bebida é que ela seja o mais saudável possível para proporcionar o melhor ao organismo.

Outro detalhe importante é quanto ao ramo dessa erva. O melhor é o alecrim orgânico, pois contem uma quantidade maior de benefícios que o desidratado. Caso prefira adicionar gengibre ao chá de alecrim a receita acaba dando uma potencializada.

Deixe um Comentário

%d blogueiros gostam disto: