Óleo de Coco – Todos benefícios, como usar?

O óleo de coco tem ganhado fama e notoriedade há pouco tempo, mas não é de hoje que ele tem sido utilizado pelos povos. Ele proporciona diversos benefícios a quem o utiliza e pode ser um ótimo aliado para a saúde e manter a boa forma.

Para que serve

O óleo feito a partir do coco é um ótimo aliado para quem deseja perder peso, mas ele também pode trazer diversos benefícios a saúde como promover uma melhora nos níveis de colesterol e diminuir o estoque de gordura abdominal.

Vários estudos já foram realizados e ficou constatado que usar moderadamente o óleo de coco contribui para que haja uma perda de peso já que há um aumento do metabolismo e também uma diminuição do apetite. Dessa forma, quando ele é utilizado numa dieta balanceada e modificação ao estilo de vida, ele proporciona benefícios diversos a quem precisa cuidar de sua boa forma e saúde.

Benefícios

O óleo de coco apresenta boa parte dos seus benefícios relacionados ao controle do peso, mas com toda certeza esse não é seu único beneficio ao utiliza-lo. Quando ele é extra virgem contém gorduras monoinsaturadas, saturadas e poli-insaturada como é o caso do ácido linoleico, ácido oleico e ácido láurico que são ótimos auxiliadores na redução do peso, mas que também possuem propriedades medicinais.

Assim, pode-se apontar como benefícios o seguinte:

  • Efeito anticatabólico – como ele é convertido rapidamente em energia permite que a massa muscular seja poupada ao invés de ser utilizada como uma fonte de combustível. Para quem malha isso quer dizer que a perda de massa muscular é menor e ainda há um crescimento acelerado da musculatura.
  • Controle do açúcar – o óleo de coco exerce um controle na quebra dos carboidratos em glicose. Com isso, o açúcar é liberado gradualmente e isso ajuda num maior controle do efeito glicêmico dos alimentos.
  • Melhora os níveis de colesterol – o acido láurico é um dos componentes do óleo de coco. Por causa de sua presença é que os níveis de colesterol tem uma melhora já que esse acido faz com que os níveis de HDL (colesterol bom) seja elevado. Com isso o coração fica mais protegido e o entupimento das artérias fica dificultado o que diminui as chances de ter um infarto.
  • A imunidade sofre um aumento – o acido cáprico é um tipo de TCM que quando em conjunto com o acido láurico contribui para que haja um fortalecimento do sistema imunológico. Justamente por isso é que se diz que esse óleo tem ação antiviral, antifúngica, antibacteriana e antiprotozoária.
  • Grande aliado da beleza – o óleo extraído a partir do coco é um hidratante natural excepcional para a pele, mas ele também pode ser utilizado para hidratar os cabelos.

Como usar

Os nutricionistas recomendam que a quantidade máxima de óleo de coco que pode ser utilizado por dia seja 30 gramas o que equivale a três colheres rasas das de sopa. Para as pessoas que não possuem o hábito de utilizar esse óleo a recomendação é começar com quantidades menores, cerca de 10 a 20 gramas ao dia.

A utilização do óleo de coco pode se dar assim como é feito com os demais óleos vegetais, ou seja, ele pode ser usado para refogar algum legume, nas saldas, nas carnes, massas como pães, tortas e bolos, por exemplo. Quando for uma massa integral ele pode substituir a manteiga.

Se ele ficar sólido ao ser deixado em temperatura ambiente, uma forma de deixa-lo liquido novamente é aquecendo em banho Maria. Caso queira utiliza-lo sólido uma opção é substituir a manteiga por esse óleo e passar nos pães e tapioca, por exemplo. O ideal é que não seja ultrapassada a quantidade de uma colher por refeição.

Já para quem quer utilizar o óleo de coco com o intuito de perder peso a recomendação é ingerir uma colher rasa das de sopa cerca de 30 a 60 minutos antes do almoço e do jantar. Isso pode fazer com que o apetite diminua e consequentemente a quantidade de comida ingerida seja menor. Mas é preciso não se esquecer de uma coisa, se o óleo de coco foi utilizado antes do almoço então o azeite não pode ser colocado na salada, por exemplo. Se preferir tomar esse óleo em jejum a manteiga não deve ser utilizada no café da manhã. É preciso ter atenção quanto a isso para não se perder na dieta e não ter o resultado esperado. Lembrando sempre que não pode exceder a quantidade 3 colheres ao dia.

Para quem malha uma colher do óleo de coco pode ser acrescentado ao shake de proteínas e seu consumo deve ser feito antes do treino. Esse óleo vai fazer com que ocorra um aceleramento na queima da gordura e ainda vai disponibilizar uma quantidade maior de energia a ser gasta nas series.

Uma das características que mais chamam a atenção do óleo de coco é sua capacidade de suportar bem as temperaturas mais altas sem que suas propriedades nutritivas sejam perdidas ou que se formem compostos tóxicos. Por isso ele é uma ótima opção ao azeite já que ele não pode ser aquecido a uma temperatura acima dos 100º C. Dessa forma, ele pode ser usado para grelhar um bife, um frango ou até refogar o feijão e o arroz.

Deixe um Comentário

%d blogueiros gostam disto: