Qual o jeito certo de tomar Chá? Saquinho, Folhas, Cápsulas

O povo brasileiro ama tomar um bom café preto, mas aos poucos tem gostado de saborear os chás e usufruir dos diversos benefícios que eles proporcionam. Existem diferentes tipos como o chá de alecrim, chá preto, chá verde, chá de camomila e chá de maracujá, por exemplo. todos eles apresentam propriedades que proporcionam diversos benefícios ao ser humano como eliminar líquidos, controlar a pressão arterial e a diabetes e até combater o envelhecimento precoce. No entanto, qual o jeito certo de usar, em saquinho, folhas ou capsulas?

A indústria sempre pensa em estar presente na vida do consumidor e uma das formas que ela encontrou é facilitando o preparo dos chás. Pensando principalmente em que vive nas grandes capitais e não possui uma horta em casa, mas querem usufruir dos benefícios que as plantas oferecem, ela oferece as mais variadas opções de chás que podem ser feitas com as folhas desidratadas, o saquinho ou capsulas. Tudo fica a critério do consumidor.

Apesar de oferecer mais praticidade essas opções possuem diferenças que vão além da aparência. A forma como elas são preparadas pela indústria acaba influenciando até mesmo no sabor do chá.

Chá de saquinho é uma boa opção?

Dentro do saquinho de qualquer tipo de chá existem partes da planta em questão. Ou seja, além das folhas é comum que sejam colocadas outras partes como a raiz, por exemplo. Como é feito por folhas e demais partes da planta trituradas, é comum que as pessoas acreditem que elas possuam as mesmas propriedades que as folhas inteiras e que a única diferença é o fato de um estar triturado e o outro não.

No entanto, o processo pelo qual a planta passou para chegar até aquele estado é o que vai determinar as propriedades que continuarão a existir. Outro fator importante é a quantidade de folhas que é colocada realmente para preparar o chá de saquinho. Não há como saber se há, de fato, uma boa quantidade de folhas ou outras partes da planta, afinal, tudo está triturado e não dá para fazer a distinção entre eles.

De qualquer forma, sabe-se que os benefícios adquiridos com a ingestão diária dos chás é garantida, mesmo que numa proporção maior quando o preparo é feito com o chá de saquinho.

Uma vantagem que esse tipo de chá apresenta é o fato de ser muito simples e fácil realizar o preparo da bebida. O consumidor não tem de ficar medindo a quantidade de folhas que serão colocadas na xicara, pois tudo já vem na medida certa.

Chá feito com as folhas

As folhas das plantas que são feitos os chás normalmente são as que mais apresentam as propriedades benéficas ao organismo. Por isso que elas são a parte da planta mais recomendada para preparar o chá.

A indústria disponibiliza a opção das folhas secas, pois possuem um tempo maior de durabilidade. Entretanto, as propriedades que ali estão presentes se encontram numa quantidade bem reduzida. Isso quer dizer que é possível usufruir dos benefícios que essa bebida proporciona, mas não com a mesma qualidade que se o preparo tivesse sido realizado com as folhas in natura, frescas.

Quando um chá é feito com as folhas frescas as mais jovens são as escolhidas, pois são eles que conferem um sabor melhor a bebida e estão repletas de suas propriedades. Com isso além de usufruir dos benefícios que tal planta proporciona ainda é possível saborear uma bebida com um sabor muito mais agradável. Por isso, a melhor opção são as folhas frescas ao invés das secas.

Como usar o chá de saquinho ou em folhas

Para usar corretamente esse chá é preciso ter atenção quanto a qualidade da água, mas a mineral é a melhor opção. Ela deve ser levada ao fogo até que surjam as primeiras bolhinhas de fervura. É muito importante que a água não ferva, pois isso faz com que parte das propriedades da planta sejam perdidas e seus benefícios reduzidos.

Outro fator importante é deixar a água e o saquinho ou folhas em infusão por cerca de dez minutos.  Nesse tempo as propriedades benéficas que a erva possui já estão dissolvidas no líquido assim como o sabor que ela possui.

Chá em capsula é uma boa opção?

Muita gente reclama do sabor que determinado chá possui e que por esse motivo prefere não tomar essa bebida ou até que não tem tempo disponível para preparar essa bebida. Para atender a necessidade desse público de usufruir dos benefícios que essa bebida proporciona sem que elas reclamem do sabor nem precisem ir para o fogo para preparar o chá é que a indústria apostou nas capsulas.

Dentro das capsulas há o extrato da planta ou até mesmo folhas secas em pó concentradas. Pode até existir mais algum ingrediente em seu interior, mas isso vai depender da marca que fabricou o produto. É possível encontrar essa opção de chá nas lojas que vendem produtos naturais e a procura tem sido muito grande já que basta abrir o pote, pegar uma das capsulas e ingerir. Tudo muito simples, fácil e prático.

Como usar o chá em capsulas

O jeito certo de usar o chá em capsulas varia de acordo com a marca que o produziu. Mas na grande maioria das vezes o recomendado é que seja ingerida uma capsula por dia junto com as refeições.

Deixe um Comentário

%d blogueiros gostam disto: